Vinhos Italianos

Vinhos Italianos

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Uma nova forma de perder peso: "A dieta de champanhe."

O natal e as festas de fim de ano estao chegando, e com eles vem uma quantidade enorme de coisas deliciosas. Mas alèm disso, para algumas pessoas permaneçe o dilema de nao sair da linha durante o magnifico mes de dezembro, sem sacrificar um bom prato e um bom brinde.
Agora você pode. Vem diretamente de Nova Iorque  a Dieta de Champagne , não só admite o álcool - ao contrário de muitos regimes de emagrecimento - mas estimula o consumo de um flute ao dia (máximo dois) de um prestigioso Champagne, como parte de um programa alimentar para peder peso.
Quanto ao resto, a dieta inclui um esquema em que nenhum alimento é proibido, mas o foco está em alimentos de alta qualidade, rico em nutrientes, mas também saboroso, com um total de 1200-1400 calorias por dia, e inclui salmão, bagel (pão típico judaico), salada verde, todos os acompanhado por uma taça de champagne.
Nenhum alimento é excluído a priori, mas a idéia é selecionar aquelas que fornecem alta qualidade de nutrientes, deixando de fora aqueles cheios de gordura e temperos, que no final sò oferecem nada mais que calorias desnecessárias.

A ideia-chave é que a ingestão de alimentos de alta qualidade ajuda a dar valor ao seu bem-estar e seu corpo, e reduz o risco de comer compulsivamente. "Se você comer bem você se sentirà melhor com si mesmo e, portanto, estarà menos inclinado a escolher alimentos iper gordurosos", diz o psicólogo da Universidade de Roehampton, Dearbhla McCollough. 
Elisabeth Weichselbaum da Fundação Britânica de Nutrição diz que duas taças de champanhe, não viola, de fato, as diretrizes do Ministério da Saúde, è importante não exagerar e evitar ultrapassar os limites por semana.

De acordo com aqueles que tentaram a dieta do champagne, Alwill Leyb Caro de 31 anos de New York, diz que a dieta lhe proporcinou um estilo de vida saudável. Ela aferma tambèm que se transformou de uma pessoa constantemente deprimido com o seu peso em uma mulher animado e definitivamente, mais magra.

"Um normal flute de champanhe contém apenas 91 calorias", diz Alwill Leyb do jornal britânico 'Daily Mail' (mas existem algumas marcas que sao mais light, com menos de 65 calorias), e diz que, as bolhinhas chegando rapidamente a circulação, se consuma muito menos em relaçao a outros vinhos.

Além disso, o champanhe tem a maioria dos polifenóis antioxidantes.
s fãs da dieta de Champagne acreditam que o consumo dessas magnificas bolhinhas uma vez ao dia, pode ajudar as mulheres não só a perder peso, mas também a se sentir melhor.

Com uma abordagem decididamente glamourosa: "Para uma refeição rápida - Alwill Leyb explica, está prestes a publicar um livro sobre suas experiências - adeus a cheeseburger, batatas fritas e refrigerante. E' melhor salmão fumado, bagels, salada verde e naturalmente "um flute de champanhes ".

Uma dieta super Chic nao acha?

Mas, serà que funziona de verdade, ou è simplismente é uma forma de marketing em relaçao ao perdiodo natalizio??? O importante è nao aumentar o consumo de alcool a causa dessa dieta. Tin Tin

Micheline Bavutti
Contato: italiain1bicchiere@hotmail.com 

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Veja e se apaixone: Retrato gingante feito com milhares de rolhas


Assim que vi o trabalho desse artista me APAIXONEI. Scott Gundersen fez um imenso retrato com rolhas de vinhos. Gundersen coleta e armazena milhares e milhares de rolhas em seu estúdio.


      Os retratos começam como grandes fotografias que sao usadas ​​como referência.

Empilhados em torno de seu estúdio, as rolhas são separadas de acordo com o tom e cor. Gundersen tem um lugar para cada cortiça, primeiro examina o desenho para determinar a colocação da faixa tonal. Utilizando a cortiça, ele "pinta" a imagem.


O gigante retrato de "Grace" de 96 x 66 polegadas retrato foi construido por Gundersen em 50 horas, e foram usados um incrível numero de 9217 rolhas!



O retrato de rolhas de Gundersen tem sido destaque em Ripley Believe it or Not e em programas referentes a novidades.

Ele usa as rolhas como uma forma de chamar a atenção para a importância da reciclagem e da sustentabilidade através da arte.




O trabalho, a arte de Gundersen è impresionante. PARABENS, impossivel nao se apaixonar!

Quero um, todo pra mim, è magnifico esse trabalho. I love it! 

Visite o site di Scott Gundersen:  http://scottgundersen.tumblr.com/

 Micheline Bavutti       
Contato: italiain1bicchiere@hotmail.com                

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Duemilavini 2012: Lista completa dos melhores vinhos italianos

Como sempre a regiao no topo da lista é o Piemonte, com 92 rótulos premiados como excelente, o ano passado foram 91 rotulos premiados com 5 grappoli, ou seja, 5 cachos de uva.

Esse ano o "Rei dos Vinhos - O vinho dos Reis" o nosso amado Barolo foi o protagonista, com mais de 50 rotulos premiados.

Essa é a décima terça edição de Duemilavini, o prestigioso guia italiano. A apresentação oficial do guia Duemilavini 2012 está agendada para 31 de outubro 2012 a Roma.


Segue a lista dos vinhos premiados com 5 GRAPPOLI 2012:

 

Valle d’Aosta


Vallée d’Aoste Chardonnay Cuvée Bois 2009 - Les Cretes

Vallée d’Aoste Torrette Supérieur Vigne de Torrentte 2007 - Di Barro

Piemonte

Barbaresco 2008 - Gaja

Barbaresco Asili Riserva 2007 - Bruno Giacosa

Barbaresco Camp Gros Martinenga 2007 - Tenute Cisa Asinati dei Marchesi di Grésy

Barbaresco Cottà 2008 - Sottimano 2008

Barbaresco Ovello 2008 - Cascina Morassino

Barbaresco Pajorè 2008 - Rizzi

Barbaresco Rabajà 2007 - Castello di Verduno

Barbaresco Rabajà Riserva 2004 - Giuseppe Cortese

Barbaresco San Stunet 2008 - Puero Busso

Barbaresco Santo Stefano 2008 - Castello di Neive

Barbaresco Valeirano 2008 - La Spinetta

Barbaresco Vanotu 2008 - Pelissero

Barbera d’Asti Bricco dell’Uccellone 2009 - Braida Giacomo Bologna

Barbera d’Asti Superiore Alfiera 2008 - Marchesi Alfieri

Barbera d’Asti Superiore Bionzo 2009 - La Spinetta

Barbera d’Asti Superiore La Bogliona 2008 - Scarpa

Barbera d’Asti Superiore Le Rocchette 2009 - Tenuta Olim Bauda

Barolo 2007 - Bartolo Mascarello

Barolo Arione 2007 - Enzo Boglietti

Barolo Bric Dël Fiasc 2007 - Paolo Scavino

Barolo Bricco Delle Viole 2007 - G.D. Vajra

Barolo Bricco Pernice 2006 - Cogno

Barolo Bricco Rocche Bricco Rocche 2007 - Ceretto

Barolo Bricco Rocche Brunate 2007 - Ceretto

Barolo Bricco Sarmassa 2007 - Brezza

Barolo Broglio 2007 - Schiavenza

Barolo Brunate 2007 - Marengo

Barolo Brunate 2007 - Oddero

Barolo Cà Mia 2007 - Brovia

Barolo Cannubi 2006 - Fratelli Barale

Barolo Cannubi Boschis 2007 - Sandrone

Barolo Cascina Francia 2007 - Conterno

Barolo Castelletto 2007 - Mauro Veglio

Barolo Cerequio 2007 - Roberto Voerzio

Barolo Cerrati Vigna Cucco 2007 - Cascina Cucco

Barolo Cerretta 2007 - Giovanni Rosso

Barolo Cicala 2007 - Poderi Aldo Conterno

Barolo Costa Grimaldi 2007 - Poderi Luigi Einaudi

Barolo Falletto 2007 - Bruno Giacosa

Barolo Ginestra Casa Matè 2007 - Elio Grasso

Barolo Lazzarito 2007 - Vietti

Barolo Le Coste 2007 - Pecchenino

Barolo Le Vigne 2007 - Sandrone

Barolo Margheria 2007 - Massolino

Barolo Massara 2007 - Castello di Verduno

Barolo Monfortino Riserva 2004 - Conterno

Barolo Monprivato 2006 - Mascarello Giuseppe e Figlio

Barolo Monvigliero 2007 - Fratelli Alessandria

Barolo Mosconi 2007 - Conterno Fantino

Barolo Ornato 2007 - Pio Cesare

Barolo Pajana 2007 - Domenico Clerico

Barolo Percristina 2004 - Domenico Clerico

Barolo Prapò 2007 - Ettore Germano

Barolo Ravera 2007 - Ferdinando Principiano

Barolo Rocche 2005 - Accomasso

Barolo Rocche 2007 - Brovia

Barolo Rocche Dell’annunziata 2007 - Renato Corino

Barolo Rocche Dell’annunziata Riserva 2005 - Paolo Scavino

Barolo Rocche Dell’annunziata Torriglione 2007 - Roberto Voerzio

Barolo San Giovanni 2007 - Giovanni Alessandria

Barolo San Rocco 2007 - Azelia

Barolo Sotto Castello Di Novello 2007 - Giacomo Grimaldi

Barolo Vecchie Vigne Di Monvigliero E Pisapola 2007 - Edoardo Sobrino

Barolo Vigna Rionda Tommaso Canale 2007 - Giovanni Rosso

Barolo Vigneto Cannubi 2007 - Comm. G.B. Burlotto

Barolo Villero 2006 - Brovia

Barolo Villero 2007 - Giacomo Fenocchio

Barolo Villero 2007 - Livia Fontana

Barolo Villero Riserva 2004 - Vietti

Boca 2007 - Le Piane

Bramaterra I Porfidi 2007 - Tenute Sella

Colli Tortonesi Timorasso Pitasso 2009 - Claudio Mariotto

Derthona Timorasso Sterpi 2009 - Vigneti Massa

Dogliani Maioli 2009 - Anna Maria Abbona

Dolcetto Di Dogliani Cursalet 2010 - Gillardi

Gattinara Riserva 2006 - Travaglini

Gattinara Vigneto Osso San Grato 2007 - Antoniolo

Gattinara Vigneto Valferana 2004 - Nervi

Gavi Del Comune Di Gavi Minaia 2010 - Nicola Bergaglio

Grignolino Del Monferrato Casalese Bricco Del Bosco Vigne Vecchie 2006 - Accornero

Langhe Chardonnay Gaia & Rey 2009 - Gaja

Langhe Nebbiolo Sperss 2007 - Gaja

Lessona 2007 - Proprietà Sperino

Nebbiolo D’alba 2009 - Hilberg-Pasquero

Nebbiolo D’alba Vigna Di Lino 2009 - Cascina Val del Prete

Piemonte Cortese Vilet 2009 - Luigi Spertino

Roero Bric Valdiana 2009 - Giovanni Almondo

Roero Mombeltramo Riserva 2007 - Malvirà

Roero Ròche D’ampsej Riserva 2007 - Matteo Correggia

Roero Sudisfà Riserva 2008 - Negro

Soldati La Scolca Brut Rosé D’antan Millesimato 1999 - La Scolca

Valentino Brut Zero Riserva 2001 - Podere Rocche Dei Manzoni


Lombardia

Cuvée Imperiale Vintage 2004 - Berlucchi

Franciacorta Brut 2006 - Enrico Gatti

Franciacorta Cuvée Annamaria Clementi 2004 - Ca’ del Bosco

Franciacorta Cuvée Annamaria Clementi Rosé 2003 - Ca’ del Bosco

Franciacorta Extra Brut Comarì Del Salem 2006 - Uberti

Franciacorta Extra Brut Vintage Riserva 2005 - La Montina

Franciacorta Extra Brut Vittorio Moretti 2004 - Bellavista

Franciacorta Gran Cuvée Brut 2006 - Bellavista

Franciacorta Non Dosato Gualberto 2005 - Ricci Curbastro

Franciacorta Non Dosato Sublimis Riserva 2005 - Uberti

Franciacorta Pas Dosé 33 Riserva 2004 - Ferghettina

Franciacorta Pas Dosé Bagnadore Riserva 2005 - Barone Pizzini

Franciacorta Satèn 2007 - Il Mosnel

Moscato di Scanzo Doge 2008 - La Brugherata

Oltrepò Pavese Brut Classese Selezione Millesimato 2006 - Travaglino

Sforzato di Valtellina Albareda 2009 - Mamete Prevostini

Sfursat di Valtellina Fruttaio Ca’ Rizzieri 2007 - Aldo Rainoldi

Valtellina Superiore Prestigio 2007 - Triacca

Valtellina Superiore Sassella Vigna Regina Riserva 2001 - Ar.Pe.Pe.

Valtellina Superiore Valgella Carterìa 2009 - Fay



Alto Adige

Alto Adige Bianco Passito Aureus 2009 - Niedermayr

Alto Adige Cabernet Sauvignon Cor Römigberg Tl 2006 - Alois Lageder

Alto Adige Gewürztraminer Kastelaz 2010 - Elena Walch

Alto Adige Gewürztraminer Terminum Vendemmia Tardiva 2009 - Tramin

Alto Adige Goldmuskateller Passito Serenade Castel Giovanelli 2008 - Kellerei Kaltern Caldaro

Alto Adige Lagrein Taber Riserva 2009 - Cantina Bolzano

Alto Adige Moscato Rosa 2009 - Franz Haas

Alto Adige Pinot Bianco Sirmian 2010 - Nals Margreid

Alto Adige Pinot Nero Barthenau Vigna S. Urbano 2008 - J. Hofstätter

Alto Adige Rosso Kermesse 2007 - Elena Walch

Alto Adige Sauvignon Sanct Valentin 2010 - St. Michael-Eppan

Alto Adige Terlano Chardonnay 1998 - Cantina Terlano

Alto Adige Terlano Pinot Bianco Vorberg Riserva 2008 - Cantina Terlano

Alto Adige Valle Isarco Grüner Veltliner 2010 - Manfred Nössing

Alto Adige Valle Isarco Riesling Praepositus 2009 - Abbazia di Novacella

Alto Adige Valle Isarco Sylvaner Alte Reben 2010 - Pacherhof

Alto Adige Valle Isarco Sylvaner R 2010 - Köfererhof

Alto Adige Valle Isarco Veltliner 2010 - Kuen Hof

Alto Adige Valle Venosta Riesling 2010 - Castel Juval Tenuta Unterortl

Alto Adige Valle Venosta Riesling 2010 - Falkenstein


Trentino


Essenzia Bianco 2008 - Pojer e Sandri

Granato 2008 - Foradori

San Leonardo 2006 - Tenuta San Leonardo

Teroldego Rotaliano Clesurae 2007 - Cantina Rotaliana

Trento Brut Altemasi Graal Riserva 2004 - Cavit

Trento Brut Cuvée Dell’abate Riserva 2006 - Abate Nero

Trento Brut Methius Riserva 2005 - Dorigati

Trento Brut Riserva 2005 - Maso Martis

Trento Brut Riserva Del Fondatore 976 2001 - Letrari

Trento Extra Brut Perlé Nero 2005 - Ferrari


Friuli Venzia Giulia

Bianco Kaplja 2008 - Podversic

Carso Malvasia 2009 - Skerk

Colli Orientali Del Friuli Bianco Biancosesto 2010 - La Tunella

Colli Orientali Del Friuli Friulano Vigne Cinquant’anni 2009 - Le Vigne di Zamò

Colli Orientali Del Friuli Merlot 2009 - Le Due Terre

Colli Orientali Del Friuli Picolit 2008 - Aquila del Torre

Colli Orientali Del Friuli Pinot Bianco Zuc Di Volpe 2010 - Volpe Pasini

Colli Orientali Del Friuli Refosco Vigna Dominin 2008 - Meroi

Colli Orientali Del Friuli Rosazzo Bianco Terre Alte 2009 - Livio Felluga

Colli Orientali Del Friuli Verduzzo Crei 2009 - Sara & Sara

Collio Bianco Broy 2010 - Collavini

Collio Bianco Collio 2010 - Edi Keber

Collio Bianco Fosarin 2010 - Ronco dei Tassi

Collio Bianco Vigne 2010 - Zuani

Collio Friulano 2010 - Colle Duga

Collio Friulano 2010 - Toros

Collio Malvasia 2010 - Dario Raccaro

Collio Malvasia Istriana 2010 - Doro Princic

Collio Pinot Bianco Di Santarosa 2009 - Castello di Spessa

Collio Sauvignon De La Tour 2010 - Villa Russiz

Collio Sauvignon Ronco Delle Mele 2010 - Venica

Dut’un 2008 - Vie Di Romans

Friuli Isonzo Friulano 2009 - Borgo San Daniele

Friuli Isonzo Malvasia 2010 - Drius

Friuli Isonzo Rive Alte Pinot Grigio Sot Lis Rivis 2010 - Ronco del Gelso

Friuli Isonzo Rive Alte Sauvignon Piere 2009 - Vie di Romans

Malvasia 2008 - Kante

Mario Schiopetto Bianco 2008 - Schiopetto

Ribolla Anfora 2005 - Gravner

Rosso Gravner Riserva 2000 - Gravner

Tal Lùc 2008 - Lis Neris

Vintage Tunina 2009 - Jermann


Veneto

Amarone della Valpolicella Campo Dei Gigli 2007 - Tenuta Sant’antonio

Amarone della Valpolicella Campo Marna Cinquecento 2005 - I Campi

Amarone della Valpolicella Classico 2004 - Bertani

Amarone della Valpolicella Classico 2007 - Allegrini

Amarone della Valpolicella Classico Acinatico 2007 - Stefano Accordini

Amarone della Valpolicella Classico Casa Dei Bepi 2006 - Viviani

Amarone della Valpolicella Classico Case Vecie 2007 - Brigaldara

Amarone della Valpolicella Classico Costasera Riserva 2006 - Masi

Amarone della Valpolicella Classico Monte Cà Bianca 2006 - Begali

Amarone della Valpolicella Classico Morar 2006 - Valentina Cubi

Amarone della Valpolicella Classico Tb Vigneto Alto 2006 - Tommaso Bussola

Amarone della Valpolicella Classico Vigneto Il Fornetto 2004 - Stefano Accordini

Amarone della Valpolicella Classico Vigneto Monte Sant’urbano 2007 - Speri

Capitel Foscarino 2010 - Anselmi

La Poja 2007 - Allegrini

Massi Fitti 2008 - Suavia

Montello E Colli Asolani Il Rosso dell’abazia 2008 - Serafini & Vidotto

Soave Classico La Rocca 2009 - Pieropan

Soave Classico Le Bine De Costìola 2009 - Tamellini

Soave Classico Superiore Vecchie Vigne Contrada Salvarenza 2009 - Gini

Soave Classico Superiore Foscarin Slavinus 2009 - Monte Tondo

Valdobbiadene Superiore Di Cartizze 2010 - Nino Franco

Vigna Seré 2004 - Romano Dal Forno

Vulcaia Fumé 2009 - Inama


Liguria

Cinque Terre Sciacchetrà Riserva 2008 - Capellini

Colli di Luni Vermentino Boboli 2010 - Giacomelli

Colli di Luni Vermentino Costa Marina 2010 - Ottaviano Lambruschi

Riviera Ligure di Ponente Pigato Bon In Da Bon 2010 - Bio Vio

Riviera Ligure di Ponente Pigato Le Russeghine 2010 - Bruna

Rossese di Dolceacqua Galeae 2010 - Ka’ Manciné

Rossese di Dolceacqua Superiore Poggio Pini 2009 - Tenuta Anfosso


Emilia Romagna

Colli Bolognesi Classico Pignoletto Vigna Antica 2010 - Tenuta Bonzara

Colli Piacentini Gutturnio Vignamorello 2010 - La Tosa

Otello Nero di Lambrusco 2010 - Ceci

Sangiovese di Romagna Predappio di Predappio

Vigna del Generale Riserva 2008 - Casetto Dei Mandorli

Sangiovese di Romagna Superiore Avi Riserva 2008 - San Patrignano

Sangiovese di Romagna Superiore Pruno Riserva 2008 - Drei Donà Tenuta La Palazza

Sangiovese di Romagna Thea Riserva 2009 - Tre Monti


Toscana


Bolgheri Rosso 2009 - Michele Satta

Bolgheri Sassicaia Sassicaia 2008 - Tenuta San Guido

Bolgheri Superiore Grattamacco Rosso 2008 - Grattamacco

Bolgheri Superiore Ornellaia 2008 - Tenuta dell’ornellaia

Brunello di Montalcino 2006 - Biondi Santi

Brunello di Montalcino 2006 - Canalicchio di Sopra

Brunello di Montalcino 2006 - Caprili

Brunello di Montalcino 2006 - Cerbaiona

Brunello di Montalcino 2006 - Fattoria Poggio di Sotto

Brunello di Montalcino 2006 - Fuligni

Brunello di Montalcino 2006 - La Togata

Brunello di Montalcino 2006 - Le Macioche

Brunello di Montalcino 2006 - Le Potazzine

Brunello di Montalcino 2006 - Piancornello

Brunello di Montalcino 2006 - Salvioni

Brunello di Montalcino 2006 - Sesti

Brunello di Montalcino Bramante 2006 - San Lorenzo

Brunello di Montalcino Riserva 2005 - Case Basse Soldera

Brunello di Montalcino Ugolaia 2005 - Lisini

Brunello di Montalcino Vigna Del Fiore 2006 - Fattoria dei Barbi

Brunello di Montalcino Vigna Schiena D’asino 2006 - Mastrojanni

Brunello di Montalcino Vigna Soccorso 2006 - Tiezzi

Cabernet Franc 2008 - Vignamaggio

Caiarossa 2008 - Caiarossa

Camalaione 2007 - Le Cinciole

Camarcanda 2008 - Ca’ Marcanda

Camartina 2008 - Querciabella

Campora 2007 - Falchini

Castello Di Vicarello 2007 - Castello di Vicarello

Cepparello 2008 - Isole e Olena

Chianti Classico Baron’ Ugo Riserva 2007 - Monteraponi

Chianti Classico Borro Del Diavolo Riserva 2007 - Ormanni

Chianti Classico Castello Di Fonterutoli 2008 - Castello di Fonterutoli

Chianti Classico Coltassala Riserva 2008 - Castello di Volpaia

Chianti Classico Il Poggio Riserva 2007 - Castello Monsanto

Chianti Classico Riserva 2008 - Lilliano

Chianti Classico Riserva Di Fizzano 2007 - Rocca delle Macìe

Chianti Classico Vigna Del Sorbo Riserva 2008 - Fontodi

Chianti Classico Vigneto San Marcellino 2008 - Rocca di Montegrossi

Chianti Rùfina Riserva 2008 - I Veroni

Colline Lucchesi Tenuta Di Valgiano 2008 - Tenuta di Valgiano

Cortona Syrah 2008 - Stefano Amerighi

Cortona Syrah Il Bosco 2008 - Tenimenti Luigi d’Alessandro

Do Ut Des 2009 - Fattoria Carpineta Fontalpino

Fontalloro 2008 - Fèlsina Berardenga

Galatrona 2009 - Petrolo

Ghiaie Della Furba 2007 - Capezzana

Guidalberto 2009 - Tenuta San Guido

I Balzini White Label 2008 - I Balzini

I Sodi Di San Niccolò 2007 - Castellare Di Castellina

Il Blu 2008 - Brancaia

Il Pareto 2008 Tenuta di Nozzole - Tenute Folonari

Il Passito Di Corzano 2000 - Fattoria Corzano e Paterno

Le Pergole Torte 2008 - Montevertine

Le Stanze 2008 - Poliziano

Lupicaia 2008 - Castello del Terriccio

Mandrione 2009 - La Corsa

Masseto 2008 - Tenuta Dell’Ornellaia

Messorio 2008 - Le Macchiole

Montecucco Sangiovese Lombrone Riserva 2007 - Castello Colle Massari

Morellino Di Scansano Capatosta Riserva 2009 - Poggio Argentiera

Morellino Di Scansano Ghiaccio Forte 2009 - Castello Romitorio

Orcia Rosso Petrucci 2008 - Podere Forte

Orma 2008 Tenuta Orma - Tenuta Sette Ponti

Petra 2008 - Petra

Poggio De’ Colli 2009 - Piaggia

Redigaffi 2009 - Tua Rita

Rosso di Montalcino 2008 - Cerbaiona

Rosso di Montalcino 2008 - Fattoria Poggio di Sotto

Rosso di Montalcino 2009 - Baricci

Rosso di Montalcino 2009 - Brunelli

Rosso di Montalcino 2009 - Ciacci Piccolomini d’Aragona

Rosso di Montalcino 2009 - Le Ragnaie

Rosso di Montalcino 2009 - Pietroso

Saffredi 2008 - Fattoria Le Pupille

Sant’Antimo Vin Santo 2004 - Podere Brizio Roberto Bellini

Solaia 2008 - Antinori

Suisassi 2008 - Duemani

Syrah 2009 - Tua Rita

Tignanello 2008 - Antinori

Val Di Cornia Suvereto Cabernet Sauvignon Federico Primo 2008 - Gualdo del Re

Veneroso 2008 - Tenuta Di Ghizzano

Vernaccia Di San Gimignano Riserva 2008 - Panizzi

Vin Santo Del Chianti Occhio Di Pernice 2004 - Tenuta Vitereta

Vino Nobile Di Montepulciano 2008 - Le Casalte

Vino Nobile Di Montepulciano Bossona Riserva 2007 - Dei

Vino Nobile Di Montepulciano I Quadri 2008 - Bindella

Vino Nobile Di Montepulciano Nocio Dei Boscarelli 2007 - Boscarelli


Marche

Akronte 2007 - Boccadigabbia

Anghelos 2009 - De Angelis

Arkezia Muffo Di San Sisto 2008 - Fazi Battaglia

Cimaio 2008 - Casal Farneto

Conero Sassi Neri Riserva 2007 - Fattoria Le Terrazze

Il Pollenza 2008 - Il Pollenza

Kurni 2009 - Oasi Degli Angeli

Lacrima Di Morro D’alba Passito 2009 - Conti di Buscareto

Lacrima Di Morro D’alba Superiore 2009 - Stefano Mancinelli

Lysipp 2007 - Fattoria Serra San Martino

Maximo 2008 - Umani Ronchi

Offida Passerina Vino Santo Sibilla 2006 - Le Caniette

Offida Pecorino Podere Colle Vecchio 2010 - Tenuta Cocci Grifoni

Pathos 2009 - Santa Barbara

Rosso Conero Dorico Riserva 2007 - Moroder

Rosso Piceno Superiore Roggio Del Filare 2008 - Velenosi

Solo 2009 - Dezi

Verdicchio dei Castelli di Jesi Brut Metodo Classico Ubaldo Rosi Riserva 2005 - Colonnara

Verdicchio dei Castelli di Jesi Classico La Selezione Gioacchino Garofoli Riserva 2006 - Garofoli

Verdicchio dei Castelli di Jesi Classico Superiore Balciana 2009 - Sartarelli

Verdicchio dei Castelli di Jesi Classico Superiore Il Coroncino 2009 - Fattoria Coroncino

Verdicchio dei Castelli di Jesi Classico Superiore San Michele 2009 - Bonci

Verdicchio di Matelica Mirum Riserva 2009 - Fattoria La Monacesca


Umbria

Armaleo 2007 - Palazzone

Campoleone 2008 - Lamborghini

Cervaro Della Sala 2009 - Castello della Sala

Montefalco Sagrantino Colleallodole 2008 - Milziade Antano Fattoria Colleallodole

Montefalco Sagrantino Gòld 2006 - Còlpetrone

Orvieto Classico Superiore Luigi e Giovanna 2008 - Barberani

Sagrantino di Montefalco Chiusa di Pannone 2006 - Antonelli San Marco

Sagrantino di Montefalco Collepiano 2008 - Arnaldo Caprai

Sangiovese Selezione Del Fondatore 2006 - Castello delle Regine

Torgiano Rosso Rubesco Vigna Monticchio Riserva 2006 - Lungarotti

Villa Fidelia Rosso 2009 - Sportoletti


Lazio


Calanchi di Vaiano 2010 - Paolo e Noemia d’Amico

Cesanese del Piglio Superiore Romanico 2009 - Coletti Conti

Cesanese del Piglio Superiore Torre del Piano Riserva 2009 - Casale della Ioria

Donna Adriana 2010 - Castel De Paolis

Frascati Superiore Luna Mater 2010 - Fontana Candida

Idea 2010 - Trappolini

Il Vassallo 2009 - Colle Picchioni

Mater Matuta 2008 - Casale del Giglio

Montiano 2009 - Falesco

Morrone 2007 - Tenuta Santa Lucia

Muffa Nobile 2010 - Castel de Paolis

Muffo 2009 - Sergio Mottura


Abruzzo


Cerasuolo D’Abruzzo 2010 - Valentini

Edizione 11 Cinque Autoctoni 2009 - Farnese

Jarno Rosso 2007 - Castorani

Montepulciano d’Abruzzo 2008 - Emidio Pepe

Montepulciano d’Abruzzo Binomio 2007 - La Valentina

Montepulciano d’Abruzzo Cocciapazza 2008 - Torre dei Beati

Montepulciano d’Abruzzo Colline Teramane Adrano 2008 - Villa Medoro

Montepulciano d’Abruzzo Colline Teramane Celibe Riserva 2007 – Strappelli

Montepulciano d’Abruzzo Colline Teramane Neromoro Riserva 2007 - Nicodemi

Montepulciano d’Abruzzo Colline Teramane Pieluni Riserva 2007 - Dino Illuminati

Montepulciano d’Abruzzo Nerodichiara 2007 - Contado Veniglio

Montepulciano d’Abruzzo San Calisto 2008 - Valle Reale

Montepulciano d’Abruzzo Tonì 2008 - Cataldi Madonna

Montepulciano d’Abruzzo Villa Gemma 2007 - Masciarelli

Montepulciano d’Abruzzo Zeus 2008 - Gentile


Molise


Molise Rosso Don Luigi Riserva 2009 - Di Maio Norante


Campania

Aglianico del Taburno Terra Di Rivolta Riserva 2008 - Fattoria La Rivolta

Aglianico del Vulture 2008 - Feudi Di San Gregorio

Costa d’amalfi Furore Bianco Fiorduva 2010 - Furore Marisa Cuomo

Falerno del Massico Rosso Camarato 2006 - Villa Matilde

Falerno del Massico Rosso Etichetta Bronzo 2008 - Masseria Felicia

Fiano di Avellino Aipierti 2010 - Vadiaperti

Fiano di Avellino Vigna Della Congregazione 2009 - Villa Diamante

Greco di Tufo 2010 - Pietracupa

Greco di Tufo Contrada Marotta 2010 - Villa Raiano

Greco di Tufo Decimo Sesto 2009 - Cantina Dei Monaci

Greco di Tufo Raone 2010 - Torricino

Greco di Tufo Terrantica Etichetta Bianca 2010 - I Favati

Kràtos 2010 - Luigi Maffini

Montevetrano 2009 - Montevetrano

Sabbie di Sopra Il Bosco 2009 - Nanni Copè

Taurasi 2007 - Feudi Di San Gregorio 1527 Taurasi Naturalis Historia 2006 - Mastroberardino

Taurasi Primum Riserva 2006 - Guastaferro

Taurasi Radici Riserva 2005 - Mastroberardino

Taurasi Vigna Macchia Dei Goti 2008 - Cantine Antonio Caggiano

Terra di Lavoro 2009 - Galardi

Vignapiancastelli 2008 - Terre Del Principe


Puglia

Castel del Monte Rosso Vigna Pedale Riserva 2008 - Torrevento

F 2009 - Feudi Di San Marzano

Graticciaia 2008 - Agricole Vallone

Moscato di Trani Kaloro 2009 - Tormaresca

Negroamaro Capitolo Laureto 2008 - Mille Una

Platone 2008 - Tenute Al Bano Carrisi

Primitivo di Manduria Es 2009 - Gianfranco Fino

Salice Salentino Donna Lisa Riserva 2007 - Leone De Castris


Basilicata

Aglianico del Vulture Caselle Riserva 2006 - D’Angelo

Aglianico del Vulture Don Anselmo 2007 - Paternoster

Aglianico del Vulture Il Sigillo 2007 - Cantine del Notaio

Aglianico del Vulture Serpara 2007 - Terre degli Svevi

Aglianico del Vulture Titolo 2009 - Elena Fucci

Il Rogito 2009 - Cantine Del Notaio


Calabria

160 Anni 2008 - Ippolito 1845

Magno Megonio 2009 - Librandi


Sicilia

Chardonnay 2009 - Planeta

Chardonnay 2009 - Tasca d’Almerita

Cometa 2010 - Planeta

Contea di Sclafani Rosso Rosso del Conte 2007 - Tasca d’Almerita

Diamante d’Almerita 2010 - Tasca d’Almerita

Don Antonio 2009 - Morgante

Duca Enrico 2008 - Duca Di Salaparuta

Etna Rosso 2008 - Cottanera

Etna Rosso Archineri 2009 - Pietradolce

Etna Rosso Feudo 2009 - Girolamo Russo

Etna Rosso Prephylloxera La Vigna di Don Peppino 2009 - Tenuta delle Terre Nere

Etna Rosso Serra Della Contessa 2009 - Benanti

Faro 2009 - Palari

Il Frappato 2009 - Occhipinti

L’ecru 2009 - Firriato

Lu Patri 2009 - Baglio del Cristo di Campobello

Malvasia delle Lipari 2010 - Florio

Malvasia delle Lipari Passito Selezione Carlo Hauner 2008 - Hauner

Marsala Superiore Donna Franca Riserva - Florio

Moscato di Noto Moscato della Torre 2010 - Marabino

Noà 2009 - Cusumano

Passito di Pantelleria Ben Ryé 2009 - Donnafugata


Sardegna

Alghero Rosso Marchese Di Villamarina 2006 - Sella & Mosca

Alghero Torbato Terre Bianche Cuvée 161 2010 - Sella & Mosca

Angialis 2008 - Argiolas

Barrua 2008 - Agricola Punica

Cannonau di Sardegna Mamuthone 2009 - Giuseppe Sedilesu

Carignano del Sulcis Superiore Terre Brune 2007 - Cantina Santadi

Latinia 2006 - Cantina Santadi

Mantènghja 2007 - Capichera

Norace 2008 - Feudi Della Medusa

Tuderi 2006 - Dettori

Turriga 2007 - Argiolas

Micheline Bavutti
Contato: italiain1bicchiere@hotmail.com

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

O "Mago" do rum è uma mulher

Lorena Vasquez, é uma das poucas mulheres Master Blender no mundo, com uma licenciatura em química farmacêutica, com especialização em tecnologia de alimentos e administração de empresas.

Lorena começou seu trabalho em Las Industrias Lecores de Guatemala, em 1986, depois de cobrir uma variedade de cargos, nos últimos anos é responsável pelo envelhecimento, mixagem e asemblagem de ron e trata especificamente do prestigioso Zacapa, considerado por um número crescente de consumidores um dos melhores ron da categoria super premium.

O Rum Zacapa é uma mistura de runs destilados, com idades entre 6 e 25 anos, em sistema Solera, que consiste de barris que anteriormente continham bourbon, xerezes delicados, vinhos finos Pedro Ximenez e Conhaque.

Zacapa é o nome de uma cidade de cerca de 200 mil habitantes da capital de Guatemala.
 
O Ron Zacapa é definitivamente diferente de outros produtos. Isto indica claramente a ênfase da produção, não só durante o processamento para a obtenção de um destilado excelente, mas acima de tudo para refiná-lo em determinadas condições ambientais. O conceito é a altitude, o mais próximo possível aos deuses, para estar em um ambiente de ar limpo saudável e mais fino.
 
A seguir eu e voce faremos uma viagem imaginária à descoberta de Ron Zacapa:

A cana-de-açúcar é cultivada nas planícies de Retalhuleu próximo a distillaria sob terreno vulcanico ácido-argiloso, ideal para o cultivo de uma qualidade especial de cana que produz um caldo particular.

A altitude é a pouco mais de 300 metros acima do nível do mar. A planta cresce e amadurece em seis meses e durante o crescimento o solo, pela sua superfície  seca cria fendas forçando a planta procurar água subterrânea, obtendo assim uma maior concentração de açúcar no suco.
Sao feitas duas colheitas por ano, uma em meados de novembro e outra em abril.
 
A cana cortada e pressada libera o seu suco que ficarà concentrado por evaporação de água da planta do mesmo suco. O novo líquido, viscoso, è chamado de miel virgen.
O tempo é particularmente delicado, porque ocorre evitar qualquer forma de fermentação espontânea (da levedura no ar, não selecionado) que podem ser prejudiciais para o resultado final.
Em um breve tempo se adiciona al "mel" o fermento tirado diretamente do abacaxi, obtidos em laboratório.

A lenta fermentação, para obter os melhores aromas, ocorre a uma temperatura controlada de 32/33 ° C por um período que varia de cinco a sete dias com um resultado final de cerca de oito por cento de álcool.
 
O utilizaçao de miel virgen e de levedura de abacaxi são parte de uma metodologia única para a produção de Zacapa, porque a maioria dos rum do mundo é produzida com melaço, um subproduto do açúcar.

O envelhecimento é feito nas montanhas, ou seja, na "Casa en las nubes" ou até mesmo acima das nuvens a 2300 metros acima do nível do mar em um clima mais frio que mal chega a 15 graus. Aqui Lorena Vasquez da o melhor de si.
Utilizando um sistema soleras particular ad hoc com um procedimento dinamico.

1. Para o novo destilado é usado barricas americana anteriormente utilizado para o envelhecimento de bourbon whisky onde o destilado permanece por pelo menos um ano e, é especialmente nesta fase que o Ron Zacapa adquire novos sabores.

A evaporação dos destilados em países tropicais, a uma temperatura de 30 graus ou mais é normalmente cerca de 10 por cento ao ano. No caso de Zacapa, sendo envelhecido em uma temperatura mais baixa, a evaporação é mais limitata e o envelhecimento é significativamente mais lento.


2. Após o primeiro estágio é feita a mistura de rum velhos e novos e, em seguida, a mistura é colocada em barricas de carvalho torrado dentro. Nessa fase se esaltam os aromas de coco, casca de laranja, amêndoas e outros.

3. Na terceira fase o destilado anteriormente envelhecido em barris americano passa para barris espanhol, utilizado no país de origem para o envelhecimento de vinho xerez. Aqui o Zacapa ficarà por un lungo tempo, enriquecendo-se pelas características de cor de cobre, aroma e sabor frutado e picante.


Com estas fases termina o envelhecimento, do mais jovem dos Ron Zacapa, que é engarrafado e denominado 15 anos solera reserva.



Para os Zacapa de qualidade superior, o rum que assim amadureceu è mais uma vez misturado com rum envelhecido e em seguida colocado em barris espanhoeis que continham os preciosos Sherry Pedro Ximenez.


Lorena finalmente decide quando o produto está pronto para ser engarrafado como uma Solera Reserva 23 anos.







Para a qualidade 23 anos Solera Reserva Tarja Preta, exclusivamente para o mercado italiano, acontece uma outra passagem em barril de carvalho com uma nova tostatura interior.



O preço do Solera Reserva 23 no Brasil è de 175,00 reais

                                                                                               



Finalmente, para a qualidade mais prestigiosa de Zacapa, o Zacapa Xo Solera Gran Reserva Especial vem feito uma ultima passagem em barris franceses, onde anteriormente foi mantido conhaque, e de fato esse ultimo rum é definido como "O Conhaque de rum".

                                                              Preço: 370,00 reias


Lorena trabalha para cada um dos três tipos mais jovem, com muitos barris 300-350 cujo conteúdo é asemblado e colocado em grandes cubas para o período de envelhecimento.

O rum é sempre filtrada em temperatura ambiente e diluído com água pura da montanha para chegar a gradaçao desejada. A esclusao da qualidade Xo, produzidos em pequenas quantidades e vendidas em garrafas particularmente valiosa, os outros tipos de Zacapa são colocados em garrafas decoradas com uma faixa de folhas de palmeira secas e entrelaçadas à mão e denominado "petate", um antigo símbolo Maia da união entre céu, terra, sol e lua, ou a matéria e o espírito, com uma clara referência à antiga herança do povo da Guatemala.

Eu adoro o Zacapa Xo Solera Grande Reserva Especial, a primeira vez que bebi, me apaixonei. No paladar se sente um equilíbrio maravilho, resultado de um duro trabalho de produçao, com um bouquet de sabores de chocolate, cereja, frutos secos, carvalho, cravo, baunilha e canela.

Eu sempre sirvo aqui em casa depois de um jantar, e antes do cafezinho final!

Micheline Bavutti
Contato: italiain1bicchiere@hotmail.com

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

OS MELHORES VINHOS DA TOSCANA DE 2012: PREMIADOS PELO PRESTIGIOSO GUIA ITALIANO DUEMILAVINI

Como sempre a regiao no topo da lista é o Piemonte, com 92 rótulos premiados como excelente, o ano passado foram 91 rotulos premiados com 5 grappoli, ou seja, 5 cachos de uva.

Esse ano o "Rei dos Vinhos - O vinho dos Reis" o nosso amado Barolo foi o protagonista, com mais de 50 rotulos premiados.

Essa é a 13° edição de Duemilavini. A apresentação oficial do guia Duemilavini 2012 está agendada para 31 de outubro 2012 a Roma.

Segue a lista dos vinhos premiados com 5 GRAPPOLI 2012:




TOSCANA

Bolgheri Rosso 2009 – Michele Satta

Bolgheri Sassicaia Sassicaia 2008 – Tenuta San Guido

Bolgheri Superiore Grattamacco Rosso 2008 – Grattamacco

Bolgheri Superiore Ornellaia 2008 – Tenuta dell’ornellaia

Brunello di Montalcino 2006 – Biondi Santi

Brunello di Montalcino 2006 – Canalicchio di Sopra

Brunello di Montalcino 2006 – Caprili

Brunello di Montalcino 2006 – Cerbaiona

Brunello di Montalcino 2006 – Fattoria Poggio di Sotto

Brunello di Montalcino 2006 – Fuligni

Brunello di Montalcino 2006 – La Togata

Brunello di Montalcino 2006 – Le Macioche

Brunello di Montalcino 2006 – Le Potazzine

Brunello di Montalcino 2006 – Piancornello

Brunello di Montalcino 2006 – Salvioni

Brunello di Montalcino 2006 – Sesti

Brunello di Montalcino Bramante 2006 – San Lorenzo

Brunello di Montalcino Riserva 2005 – Case Basse Soldera

Brunello di Montalcino Ugolaia 2005 – Lisini

Brunello di Montalcino Vigna Del Fiore 2006 – Fattoria dei Barbi

Brunello di Montalcino Vigna Schiena D’asino 2006 – Mastrojanni

Brunello di Montalcino Vigna Soccorso 2006 – Tiezzi

Cabernet Franc 2008 – Vignamaggio

Caiarossa 2008 – Caiarossa

Camalaione 2007 – Le Cinciole

Camarcanda 2008 – Ca’ Marcanda

Camartina 2008 – Querciabella

Campora 2007 – Falchini

Castello Di Vicarello 2007 – Castello di Vicarello

Cepparello 2008 – Isole e Olena

Chianti Classico Baron’ Ugo Riserva 2007 – Monteraponi

Chianti Classico Borro Del Diavolo Riserva 2007 – Ormanni

Chianti Classico Castello Di Fonterutoli 2008 – Castello di Fonterutoli

Chianti Classico Coltassala Riserva 2008 – Castello di Volpaia

Chianti Classico Il Poggio Riserva 2007 – Castello Monsanto

Chianti Classico Riserva 2008 – Lilliano

Chianti Classico Riserva Di Fizzano 2007 – Rocca delle Macìe

Chianti Classico Vigna Del Sorbo Riserva 2008 – Fontodi

Chianti Classico Vigneto San Marcellino 2008 – Rocca di Montegrossi

Chianti Rùfina Riserva 2008 – I Veroni

Colline Lucchesi Tenuta Di Valgiano 2008 – Tenuta di Valgiano

Cortona Syrah 2008 – Stefano Amerighi

Cortona Syrah Il Bosco 2008 – Tenimenti Luigi d’Alessandro

Do Ut Des 2009 – Fattoria Carpineta Fontalpino

Fontalloro 2008 – Fèlsina Berardenga

Galatrona 2009 – Petrolo

Ghiaie Della Furba 2007 – Capezzana

Guidalberto 2009 – Tenuta San Guido

I Balzini White Label 2008 – I Balzini

I Sodi Di San Niccolò 2007 – Castellare Di Castellina

Il Blu 2008 – Brancaia

Il Pareto 2008 Tenuta di Nozzole – Tenute Folonari

Il Passito Di Corzano 2000 – Fattoria Corzano e Paterno

Le Pergole Torte 2008 – Montevertine

Le Stanze 2008 – Poliziano

Lupicaia 2008 – Castello del Terriccio

Mandrione 2009 – La Corsa

Masseto 2008 – Tenuta Dell’Ornellaia

Messorio 2008 – Le Macchiole

Montecucco Sangiovese Lombrone Riserva 2007 – Castello Colle Massari

Morellino Di Scansano Capatosta Riserva 2009 – Poggio Argentiera

Morellino Di Scansano Ghiaccio Forte 2009 – Castello Romitorio

Orcia Rosso Petrucci 2008 – Podere Forte

Orma 2008 Tenuta Orma – Tenuta Sette Ponti

Petra 2008 – Petra

Poggio De’ Colli 2009 – Piaggia

Redigaffi 2009 – Tua Rita

Rosso di Montalcino 2008 – Cerbaiona

Rosso di Montalcino 2008 – Fattoria Poggio di Sotto

Rosso di Montalcino 2009 – Baricci

Rosso di Montalcino 2009 – Brunelli

Rosso di Montalcino 2009 – Ciacci Piccolomini d’Aragona

Rosso di Montalcino 2009 – Le Ragnaie

Rosso di Montalcino 2009 – Pietroso

Saffredi 2008 – Fattoria Le Pupille

Sant’Antimo Vin Santo 2004 – Podere Brizio Roberto Bellini

Solaia 2008 – Antinori

Suisassi 2008 – Duemani

Syrah 2009 – Tua Rita

Tignanello 2008 – Antinori

Val Di Cornia Suvereto Cabernet Sauvignon Federico Primo 2008 – Gualdo del Re

Veneroso 2008 – Tenuta Di Ghizzano

Vernaccia Di San Gimignano Riserva 2008 – Panizzi

Vin Santo Del Chianti Occhio Di Pernice 2004 – Tenuta Vitereta

Vino Nobile Di Montepulciano 2008 – Le Casalte

Vino Nobile Di Montepulciano Bossona Riserva 2007 – Dei

Vino Nobile Di Montepulciano I Quadri 2008 – Bindella

Vino Nobile Di Montepulciano Nocio Dei Boscarelli 2007 – Boscarelli

Micheline Bavutti
Contato: italiain1bicchiere@hotmail.com

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

OS MELHORES VINHOS DA LOMBARDIA E VALLE D'AOSTA DE 2012: PREMIADOS PELO PRESTIGIOSO GUIA ITALIANO DUEMILAVINI

Como sempre a regiao no topo da lista é o Piemonte, com 92 rótulos premiados como excelente, o ano passado foram 91 rotulos premiados com 5 grappoli, ou seja, 5 cachos de uva.


Esse ano o "Rei dos Vinhos - O vinho dos Reis" o nosso amado Barolo foi o protagonista, com mais de 50 rotulos premiados.

Essa é a décima terça edição de Duemilavini. A apresentação oficial do guia Duemilavini 2012 está agendada para 31 de outubro 2012 a Roma.

Segue a lista dos vinhos premiados com 5 GRAPPOLI 2012:


VALLE D'AOSTA


Vallée d’Aoste Chardonnay Cuvée Bois 2009 - Les Cretes

Vallée d’Aoste Torrette Supérieur Vigne de Torrentte 2007 - Di Barro


LOMBARDIA


Cuvée Imperiale Vintage 2004 - Berlucchi

Franciacorta Brut 2006 - Enrico Gatti

Franciacorta Cuvée Annamaria Clementi 2004 - Ca’ del Bosco

Franciacorta Cuvée Annamaria Clementi Rosé 2003 - Ca’ del Bosco

Franciacorta Extra Brut Comarì Del Salem 2006 - Uberti

Franciacorta Extra Brut Vintage Riserva 2005 - La Montina

Franciacorta Extra Brut Vittorio Moretti 2004 - Bellavista

Franciacorta Gran Cuvée Brut 2006 - Bellavista

Franciacorta Non Dosato Gualberto 2005 - Ricci Curbastro

Franciacorta Non Dosato Sublimis Riserva 2005 - Uberti

Franciacorta Pas Dosé 33 Riserva 2004 - Ferghettina

Franciacorta Pas Dosé Bagnadore Riserva 2005 - Barone Pizzini

Franciacorta Satèn 2007 - Il Mosnel

Moscato di Scanzo Doge 2008 - La Brugherata

Oltrepò Pavese Brut Classese Selezione Millesimato 2006 - Travaglino

Sforzato di Valtellina Albareda 2009 - Mamete Prevostini

Sfursat di Valtellina Fruttaio Ca’ Rizzieri 2007 - Aldo Rainoldi

Valtellina Superiore Prestigio 2007 - Triacca

Valtellina Superiore Sassella Vigna Regina Riserva 2001 - Ar.Pe.Pe.

Valtellina Superiore Valgella Carterìa 2009 - Fay

Veja os vinhos do Piemonte premiados com 5 grapolli em: http://italiain1bicchiere.blogspot.com/2011/09/os-melhores-vinhos-do-piemonte-de-2012.html

Micheline Bavutti
Contato: italiain1bicchiere@otmail.com

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

OS MELHORES VINHOS DO PIEMONTE DE 2012: PREMIADOS PELO PRESTIGIOSO GUIA ITALIANO DUEMILAVINI


Como sempre a regiao no topo da lista é o Piemonte, com 92 rótulos premiados como excelente, o ano passado foram 91 rotulos premiados com 5 grappoli, ou seja, 5 cachos de uva.

Esse ano o "Rei dos Vinhos - O vinho dos Reis" o nosso amado Barolo foi o protagonista, com mais de 50 rotulos premiados.
Essa é a décima terça edição de Duemilavini. A apresentação oficial do guia Duemilavini 2012 está agendada para 31 de outubro 2012 a Roma.


Segue a lista dos vinhos premiados com 5 GRAPPOLI 2012:

                        PIEMONTE


  1. Barbaresco 2008 - Gaja
  2. Barbaresco Asili Riserva 2007 Bruno Giacosa
  3. Barbaresco Camp Gros Martinenga 2007 - Tenute Cisa Asinati dei Marchesi di Grésy
  4. Barbaresco Cottà 2008 - Sottimano 2008
  5. Barbaresco Ovello 2008 - Cascina Morassino
  6. Barbaresco Pajorè 2008 - Rizzi
  7. Barbaresco Rabajà 2007 - Castello di Verduno
  8. Barbaresco Rabajà Riserva 2004 - Giuseppe Cortese
  9. Barbaresco San Stunet 2008 - Puero Busso
  10. Barbaresco Santo Stefano 2008 - Castello di Neive
  11. Barbaresco Valeirano 2008 - La Spinetta
  12. Barbaresco Vanotu 2008 - Pelissero
  13. Barbera d’Asti Bricco dell’Uccellone 2009 - Braida Giacomo Bologna
  14. Barbera d’Asti Superiore Alfiera 2008 - Marchesi Alfieri
  15. Barbera d’Asti Superiore Bionzo 2009 - La Spinetta
  16. Barbera d’Asti Superiore La Bogliona 2008 - Scarpa
  17. Barbera d’Asti Superiore Le Rocchette 2009 - Tenuta Olim Bauda
  18. Barolo 2007 - Bartolo Mascarello
  19. Barolo Arione 2007 - Enzo Boglietti
  20. Barolo Bric Dël Fiasc 2007 - Paolo Scavino
  21. Barolo Bricco Delle Viole 2007 - G.D. Vajra
  22. Barolo Bricco Pernice 2006 - Cogno
  23. Barolo Bricco Rocche Bricco Rocche 2007 - Ceretto
  24. Barolo Bricco Rocche Brunate 2007 - Ceretto
  25. Barolo Bricco Sarmassa 2007 - Brezza
  26. Barolo Broglio 2007 - Schiavenza
  27. Barolo Brunate 2007 - Marengo
  28. Barolo Brunate 2007 - Oddero
  29. Barolo Cà Mia 2007 - Brovia
  30. Barolo Cannubi 2006 - Fratelli Barale
  31. Barolo Cannubi Boschis 2007 - Sandrone
  32. Barolo Cascina Francia 2007 - Conterno
  33. Barolo Castelletto 2007 - Mauro Veglio
  34. Barolo Cerequio 2007 - Roberto Voerzio
  35. Barolo Cerrati Vigna Cucco 2007 - Cascina Cucco
  36. Barolo Cerretta 2007 - Giovanni Rosso
  37. Barolo Cicala 2007 - Poderi Aldo Conterno
  38. Barolo Costa Grimaldi 2007 - Poderi Luigi Einaudi
  39. Barolo Falletto 2007 - Bruno Giacosa
  40. Barolo Ginestra Casa Matè 2007 - Elio Grasso
  41. Barolo Lazzarito 2007 - Vietti
  42. Barolo Le Coste 2007 - Pecchenino
  43. Barolo Le Vigne 2007 - Sandrone
  44. Barolo Margheria 2007 - Massolino
  45. Barolo Massara 2007 - Castello di Verduno
  46. Barolo Monfortino Riserva 2004 - Conterno
  47. Barolo Monprivato 2006 - Mascarello Giuseppe e Figlio
  48. Barolo Monvigliero 2007 - Fratelli Alessandria
  49. Barolo Mosconi 2007 - Conterno Fantino
  50. Barolo Ornato 2007 - Pio Cesare
  51. Barolo Pajana 2007 - Domenico Clerico
  52. Barolo Percristina 2004 - Domenico Clerico
  53. Barolo Prapò 2007 - Ettore Germano
  54. Barolo Ravera 2007 - Ferdinando Principiano
  55. Barolo Rocche 2005 - Accomasso
  56. Barolo Rocche 2007 - Brovia
  57. Barolo Rocche Dell’annunziata 2007 - Renato Corino
  58. Barolo Rocche Dell’annunziata Riserva 2005 - Paolo Scavino
  59. Barolo Rocche Dell’annunziata Torriglione 2007 - Roberto Voerzio
  60. Barolo San Giovanni 2007 - Giovanni Alessandria
  61. Barolo San Rocco 2007 - Azelia
  62. Barolo Sotto Castello Di Novello 2007 - Giacomo Grimaldi
  63. Barolo Vecchie Vigne Di Monvigliero E Pisapola 2007 - Edoardo Sobrino
  64. Barolo Vigna Rionda Tommaso Canale 2007 - Giovanni Rosso
  65. Barolo Vigneto Cannubi 2007 - Comm. G.B. Burlotto
  66. Barolo Villero 2006 - Brovia
  67. Barolo Villero 2007 - Giacomo Fenocchio
  68. Barolo Villero 2007 - Livia Fontana
  69. Barolo Villero Riserva 2004 - Vietti
  70. Boca 2007 - Le Piane
  71. Bramaterra I Porfidi 2007 - Tenute Sella
  72. Colli Tortonesi Timorasso Pitasso 2009 - Claudio Mariotto
  73. Derthona Timorasso Sterpi 2009 - Vigneti Massa
  74. Dogliani Maioli 2009 - Anna Maria Abbona
  75. Dolcetto Di Dogliani Cursalet 2010 - Gillardi
  76. Gattinara Riserva 2006 - Travaglini
  77. Gattinara Vigneto Osso San Grato 2007 - Antoniolo
  78. Gattinara Vigneto Valferana 2004 - Nervi
  79. Gavi Del Comune Di Gavi Minaia 2010 - Nicola Bergaglio
  80. Grignolino Del Monferrato Casalese Bricco Del Bosco Vigne Vecchie 2006 - Accornero
  81. Langhe Chardonnay Gaia & Rey 2009 - Gaja
  82. Langhe Nebbiolo Sperss 2007 - Gaja
  83. Lessona 2007 - Proprietà Sperino
  84. Nebbiolo D’alba 2009 - Hilberg-Pasquero
  85. Nebbiolo D’alba Vigna Di Lino 2009 - Cascina Val del Prete
  86. Piemonte Cortese Vilet 2009 - Luigi Spertino
  87. Roero Bric Valdiana 2009 - Giovanni Almondo
  88. Roero Mombeltramo Riserva 2007 - Malvirà
  89. Roero Ròche D’ampsej Riserva 2007 - Matteo Correggia
  90. Roero Sudisfà Riserva 2008 - Negro
  91. Soldati La Scolca Brut Rosé D’antan Millesimato 1999 - La Scolca
  92. Valentino Brut Zero Riserva 2001 - Podere Rocche Dei Manzoni
Micheline Bavutti
Contato: italiain1bicchiere@hotmail.com

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Vinho tinto para o planeta


O vinho è o protagonista de uma recente descoberta: foi publicado na renomada revista da FASEB (Federação das Sociedades Americanas para Biologia Experimental) a importancia do vinho para as futuras viagens espaciais.

Como sabemos a tecnologia espacial hoje estaria pronta para enviar seres humanos para além dos limites da Lua, a Marte e além. No entanto, o verdadeiro problema é a saúde dos astronautas. De fato, foi visto que um período muito longo de tempo de ausência de gravidade e sedentarismo teria efeitos terríveis sobre os ossos e insulina humana. Por outro lado, em uma cápsula espacial é praticamente impossível realizar exercícios físicos e, mais importante, criar gravidade artificial.

A solução veio a partir de experimentos realizados em dois grupos de ratos. Eles foram mantidos suspensos pelas pernas traseiras e rabo para simular as condições do espaço.
O primeiro grupo foi alimentado normalmente, e ele rapidamente mostrou sinais de perda de massa muscular, resistência à insulina e diminuição da densidade mineral óssea com maior facilidade de quebra.
No segundo grupo foi, no entanto, regularmente aministrado o jà famoso resveratrol, os fenólicos contidos na casca da uva.
Os resultados foram surpreendentes. Nenhuma das complicações descritas no primeiro grupo ocorreram nos ratos do segundo grupo. Outros estudos foram feitos e deram confirmações brilhante. O líder da pesquisa, Prof Weissman, disse com a descoberta: "O vinho pode se tornar o" pão "dos viajantes da Via Láctea."

Serà que o novo "combustível" para o futuros pioneiros do espaço serà o vinho? Ainda bem que fora da gravidade da Terra ainda nao existem bafômetros!

Micheline Bavutti
Contato: italiain1bicchiere@hotmail.com

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Pele de crocodilo na edição limitada do champagne "Bodyguard" by Piper-Heidsieck

A novidade desta nova garaffa de champagne é a bainha de couro de crocodilo vermelho em torno da nova edição limitada do champanhe Piper-Heidsieck "Bodyguard".
Uma versão glamourosa, projetada para o lançamento em setembro da nova seleção das bolhinhas francesa, as garrafas estao a venda no travel retail e algumas (muito poucas) garrafas no varejo. A nova versão é "um exemplo perfeito de como a marca pode ser inovadora e ousada ao mesmo tempo", explicou Matthew Hodges, diretor de marketing da maison.

Piper-Heidsieck sempre tentou impressionar seu público com uma versão chique e glamourosa das garrafas mais exclusivas, como no modelo assinado Jean Paul Gautier.

Neste caso, a bainha de couro de crocodilo vermelho dá um toque de charme para as garrafas muito especial que será apresentado em pré-visualização do Aelia, a loja no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris.
 
Quem estiver passando pelo aeroporto de Paris, e ama o mundo do luxo, vale a pena olhar em quem sabe.... comprar, nao sò pelo designer, mas o que mais importa è o precioso liquido que se encontra là dentro!
 
Autora: Micheline Bavutti
Contato: italiain1bicchiere@otmail.com

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

O melhor de Portugal ao vivo! Em Recife

Os recifenses apaixonados por vinhos portugueses terão a oportunidade de conhecer diversos rótulos no dia 22 de agosto. A importadora de vinhos Decanter promoverá em Recife o evento " O melhor de Portugal ao vivo", uma serie de degustações apresentadas pessoalmente por seus produtores.



Produtores:
  • Domingos Alves de Sousa
  • Quinta das Maias
  • Quinta dos Roques
  • Quinta de Foz de Arouce
  • Falua
  • Conde de Vimoso
  • Anselmo Mendes
  • Quinta de Gomariz
  • Plansel
  • Dorina Lindemann
  • Altas Quintas
  • Dona Maria
  • Werre’s
  • Cossart Gordon.
Veja os locais, horarios e preço:

Hotel Golden Tulip - Recife Palace: Avenida Boa Viagem
Horario do evento: das 16h as 21:00h
Preço: 75,00 reais (valor reversivel parcialmente em compras de vinhos na enoteca decanter)

As vagas ao evento sao limitadas! (Reservas: 81/ 3325-3356)

Outras cidades onde acontecerà o evento:

23/08 Rio de Janeiro
24/98 Sao Paulo
25/08 Santos
26/08 Florianopolis

Autora: Micheline Bavutti
Contato: italiain1bicchiere@hotmail.com

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

A Vodka mais cara do mundo

Para os amantes de cocktails preciosos chegou a vodka mais cara do mundo, a "Vodka Billionaire" criada pelo aclamado designer Leon Verres, a garaffa custa 3,7 milhões de dolares. Um preço recorde para uma garrafa de cinco litros cravejado com tres mil diamantes, e contém una refinada vodka russa produzida com um trabalho muito especial. A adicionar um toque de glamour a garaffa foi a gola de couro falso, porque o designer é um membro de longa data do PETA, uma associação que luta pelos direitos dos animais.

Leon Verres já tinha atingido a admiraçao com a criação do "Billionaire Champagne", que custa 2,75 milhoes de dólares.
Agora a proposta do designer e' a preciosa vodka, um dos distilados mais conhecido universalmente, a qual ultimamente estar entrando no mercado em versões de luxo.

A criação de Verres é um verdadeiro tributo ao mundo do luxo com uma garrafa cravejado de diamantes na versão grande, ideal para as festas mais exclusivas e em breve estará disponível em poucas e selecionadas lojas ao redor do mundo.

Vimos como o mundo do beverege oferece garaffas entre as mais valiosas do mundo. Não só com bons vinhos e whisky raros, de tempos antigos, mas geralmente qualquer tipo de bebidas agora tem sua versão de ultra-luxo, que vai dos refrigerantes aos licores mais famosos.

Para aqueles que querem uma versao mais easy, também foi realizada uma pequena garrafa de 0,5 litros com uma cor roxa intensa e logomarca gravada com cristais Swarovski.

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Mala Louis Vuitton para vinhos

 Os melhores vinhos precisam de cuidados e dedicação, até qunado sao trasportados. Para isso a Louis Vuitton criou uma mala projetada para os preciosos vinhos de grandes safras (vintage).
A mala foi encomendada pelo Cordier Mestrezat Grands Crus para comemorar o seu aniversário de 125 anos. La Maison Cordier, é um dos mais importantes produtores de vinhos franceses.
A mala foi personalizada para a Maison Cordier, e feita sob medida, em um tamanho que pode conter quatro garrafas.

Apresentada na Vinexpo 2011, em Bordeaux, a mala com o famoso monograma tem sido usada para colocar as garrafas mais valiosas:

  • Chateau Lafite Rothschild,
  • Château Margaux,
  • Château Mouton Rothschild e
  • Chateau Haut-Brion.
Tal como acontece com qualquer peça produzida pela casa de moda, a especial mala também atraiu a atenção na exposição dedicada ao vinho, que foi realizada na cidade francesa.

Mas ao momento si trata de uma mala feito sob medida para a Maison Cordier, embora, dado o sucesso, quem sabe nao entra em produção, pelo menos para o mercado de vinhos finos, ou seja muito finos! Rssrs
(Eu quero a mala, mas com os 4 vinhos da lista kkk!

Autora: Micheline Bavutti
Contato: italiain1bicchiere@hotmail.com

segunda-feira, 27 de junho de 2011

O vinho era negado as mulheres na Roma antiga

Nada de vinho para as mulheres. Era esta a "dura lex" que imponeva os antigos Romanos as mulheres.
Mas porque as mulheres não podiam beber vinho?

Porque segundo os antigos Romanos, o vinho leva a mulher a desonestidade e ao adultério. Em outras palavras, os Romanos estabeleceram uma ligação entre o vinho e a transgressão sexual, como se o vinho de alguma forma tornasse a mulher impura.
Para controlar as mulheres, esisteva o ius oculis, o direito do beijo, para ver se ela tinha bebido.

A ingestão de vinho por uma mulher era considerado um crime como o adultério e o aborto sem o consentimento de seu marido. E a mulher poderia ser condenada à morte.

As mulheres podiam beber vinhos camuflados, ou seja, vinhos que nao eram vinhos, como por exemplo, vinhos doces que nao passavam por fermentaçao.

Ainda bem, que nao nasci naquela epoca rsssssssssss!

Autora: Micheline Bavutti
Contato: italiain1bicchiere@hotmail.com

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Com a colheita 2010-2011 a Itália se tornou o maior produtor de vinho do mundo

Com os resultados finais da última colheita 2010-2011a Itália se tornou o maior produtor de vinho do mundo tirando o recorde anteriormente detido pela França.

Isto foi afirmado por Coldiretti é com base nos dados da Comissão Europeia que detectam uma produção de 49,6 milhões de hectolitros na Itália, e 46,2 milhões de hectolitros na França, com uma queda de 3,7%. A primazia do Made in Italy é o resultado de uma estabilidade substancial da produção na Itália e um declínio na França explica Coldiretti .

Mas, todo nòs sabemos que quantidade nao è sinonimo de qualidade, mas uma coisa è certa, quando o assunto è qualidade a Italia faz notar o seu diferencial, nao è por acaso que cerca de 60% da produção nacional é representada por vinhos de qualidade com 14,9 milhões de hectolitros de vinhos DOCG / DOC e 15,4 milhões de hectolitros de vinhos IGT.

Um resultado animador também vem em relaçao as exportações, que aumentou em 15% nos dois primeiros meses de 2011. Um crescimento de 31% de importaçao para os Estados Unidos, depois para Alemanha, mas também a um aumento de 6% das exportações na União Europeia e um aumento significativo e auspicioso de 146% na China. "

Uma tendência que confirma os resultados positivos obtidos a partir do vinho Made in Italy no exterior em 2010 com uma exportação recorde de 3,93 bilhões, superando pela primeira vez o consumo nacional.
O volume de negócios total do vinho italiano em 2010 foi de EUR 7,82 bilhões. Supremacia italiana sobre os franceses também no que diz respeito a marcas doc: em Itália pode contar com 504 vinhos de denominação de origem controlada (DOC), controlada e garantida origem (DOCG) e IGT (330 vinhos DOC, DOCG e IGT 118. 56) . (ANSA).

Autore: Micheline Bavutti
Contato: italiain1bicchiere@hotmail.com

sábado, 4 de junho de 2011

Charta del Lago de Caldaro

A Charta consiste em uma auto-regulamentaçao feita e assinada conjuntamente por pelo menos 19 produtores de vinho local, o que garante ao consumidor uma seleção de vinhos de qualidade superior. O vinhos sao produzidos com uvas Schiava, a qual nos ultimos anos vem mostrando um grande interesse da parte do consumador.
Os produtores que assinaram a Charta devem seguir um especifico e rigoroso disciplinar na produçao do vinho, o qual è reconhecido pelo selo de qualidade na etiqueta com a frase "Selection Kalterersee DOC", como na foto ao lado.

A Caldaro esiste mais de 600 hectares de vinhedos plantados. Mais de 260 hectares sao de uva Schiava, uma videira que aqui encontra o seu habitat natural pelo o clima mediterrâneo e pela particularidade do solo vulcânico, mas apenas uma centena desses hectares respondem aos rigorosos criterios de qualidade previsto no disciplinar.

O vinho "Selection Kalterersee Doc" é produzido a partir das melhores vinhas plantadas ao redor do lago e cultivadas até 450 metros acima do nível do mar, a colheita è seletiva e manual.

Os produtores:

  1. Cantina Castel Sallegg,
  2. Cantina Kellerei Kaltern,
  3. Cantina Erste + Neue,
  4. Cantina Josef Brigl,
  5. Cantina Lieselehof,
  6. Cantina Ritterhof,
  7. Cantina Peter Sölva e figli,
  8. Cantina Kettmeir,
  9. Cantina Oberpreyhof,
  10. Cantina Manincor,
  11. Cantina Morandell Dominikus,
  12. Cantina Niklaserhof,
  13. Cantina Klosterhof,
  14. Cantina Andi Sölva,
  15. Cantina Steflhof,
  16. Cantina Prälatenhof,
  17. Cantina T. Unterhofer,
  18. Cantina T. Pichler,
  19. Cantina Baron Di Pauli.

Autora: Micheline Bavutti
Contato: italiain1bicchiere@hotmail.com

Para saber mais visite o link: http://www.wein.kaltern.com/

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Schiava

Geralmente quando se fala em vinhos da regiao do Alto Adige, muitas pessoas automaticamente pensam em vinhos brancos, mas nessa terra onde os vinhedos sao um elemento significativo, se produz principalmente vinhos tinto. A schiava è a uva mais representativa da regiao, com quase 60% de toda a produção de vinho, seguido por lagrein com apenas 6% e assim por diante de todos os outros tipos.

A Uva Schiava tem origem antiga, jà era mencionada em operas do XIII secolo. Seu nome deve derivar do tipo de cultivo das plantas, uva schiava era definido como aquelas variedades, atè mesmo diferentes entre elas, que eram cultivadas em baixa tensão ao longo das linhas e ligados entre si, ao contrário, dos outros tipos de uva que eram cultivadas com os cachos mais elevados.
Mais que uma videira, è melhor falar de um grupo de variedade de uvas das quais fazem parte:

Schiava Grossa: seu nome deriva das suas características particulares, ou seja, do tamanho dos cachos de uvas que è particularmente grande.
Sinonimos que voce pode encontrar nas garaffas de vinho produzidas com essa uva: schiavone, uva meranese, grossvernatsch, frankenthal, frankenthaler, trollinger.

 
 
 
 
 

  • Schiava Grigia: é uma variedade particularmente resistente que se adapta bem a qualquer terreno, o seu nome provavelmente deriva do pruinose, um véu cinzento que cobre a cor azul-violeta das peles das uvas.
  • Sinonimos: grau vernatsch, grauer.


  • Schiava Gentile: também conhecida como schiava menor pelo tamanho dos cachos, foi descrita pela primeira vez em 1906 da Molon e posteriormente nel 1932 da Rigotti.

Sinonimos: schiava piccola e media, kleinvernatsch, mittelvernatsch, rotervernatsch.



Carateristicas:

  • Área de produção: Trentino Alto Adige. A maior área de cultivo da vinha Vernatsch in Alto Adige si encontra proximo ao Lago di Caldaro. O Lago di Caldaro com o seu aroma floral agradável é o mais conhecido dos vinhos Vernatsch. É agradavelmente frutado, macio e tem um corpo harmonioso. O famoso Santa Maddalena, é produzido em Bolzano, aos pés do Monte Corno, e é o mais estruturado dos vinhos Vernatsch. O schiava do Alto Adige é cultivado principalmente nos municípios de San Michele Appiano, Termano e Cortaccia. O Meranese é cultivado ao redor da cidade de Merano, e é o mais perfumado e estruturado dos vinho Vernatsch.
  • Harmonizaçao: Um vinho adequado para as refeições, vai bem com aperitivos e pratos típicos tiroleses, bacon e presunto, mas também com carnes brancas e queijos leves.
  • Temperatura de serviço: 14-16 C
  • A colheita geralmente ocorre no final de setembro ou início de Outubro.
  • Epoca melhor para o consumo: de 1 a 4 anos da safra. E' um vinho para se beber jovem.

  • O schiava é um vinho leve, com taninos baixos. Tem um sabor frutado suave e agradável, que mostra muitas vezes uma pitada de amêndoas amargas. A schiava, de acordo com a área, o solo e o clima, da vinhos com carateristicas e estrutura muito diferentes: é principalmente no Santa Maddalena Classico que esta uva obtem melhores resultados. Santa Maddalena é um dos vinhos de schiava, mais encorpado e persistente, com cheiro da madeira e de frutos como cereja, amêndoa. A cor é mais vermelha, brilho intenso enriquecido pelas notas envolventes perfume de violetas, que se encaixa perfeitamente na harmonizaçao com o coelho, carnes vermelhas e queijos, mas não envelhecidos.
Saiba mais: 

Desde 2004, uma vez por ano, é realizado o troféu Schiava Alto Adige. Um grupo de jornalistas, enólogos e amantes do vinho da Itália, Alemanha, Suíça e Áustria vão degustar os vinhos do sul do Tirol Vernatsch e expressa a sua avaliação. Os melhores vinhos da degustação será atribuído o título de "Schiava do ano".

Autora: Micheline Bavutti
Contato: italiain1bicchiere@hotmail.com

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Cantina Produttori di Terlano

Fundado em 1893, com mais de um secolo di história, a Cantina Produttori di Terlano não é apenas uma das cantinas mais antigas do Alto Adige, mas é sem dúvida uma das melhores (como definido na prestigiosa revista Decanter).

E' desta area que provem alguns dos mais importantes vinhos brancos italianos. Vinhos bracos capazes di durar ao longo do tempo, permanecendo vivo e de otima qualidade depois de várias décadas. Nao a caso se diz que os vinhos brancos de Terlano desafiam o tempo.

Os vinhos brancos di Terlano sao produzidos em grande parte com Pinot Blanc, o qual se tornou sinônimo de vinhos brancos italianos, no entanto, sem adotar o estilo francês que prever o envelhecimento em barris.

Terlano tem um terroir único, e uma natureza ideal para garantir a longevidade, a vitalidade e o frescor aos vinhos, graças ao conteúdo de pórfiro dos solos (que rende duradouro os vinhos brancos), sem falar no micro-clima, e da localização das vinhas, que pode chegar a quase 900 metros de altura. E tudo isso rende os vinos brancos de Terlano mais complexos, com maior equilíbrio desde o início.

A Cantina Produttori estar na pequena lista dos melhores produtores de brancos italianos.

Mais de 45% dos vinhedos do sul do Tirol são plantados com uvas brancas e a tendência é aumentar. Os vinhos do sul do Tirol são distinguidos pelo seu sabor frutado e fresco. As uvas brancas como a Gewürztraminer, Sylvaner, Müller-Thurgau, Riesling, Sauvignon, Veltliner e Kerner são conhecidos e apreciados em toda a Itália e tambèm além das fronteiras nacionais.

 Aqui está uma lista dos mais famosos vinhos brancos:

  • Pinot Blanc: A Pinot Blanc é um vinho branco fresco e frutado, cor amarelo-esverdeada para amarelo-pálido, com um ligeiro aroma de maçã.
  • Chardonnay: Chardonnay é um vinho branco muito apreciado e solicitado, amarelo-esverdeado, aroma frutado e delicado, seco e fresco.
  • Pinot Grigio: vinho branco com sabor delicado, suave e agradável.
  • Gewürztraminer: Gewürztraminer é, entretanto, um dos vinhos mais populares do Alto Adige. É um vinho branco de or amarelo palha ao amarelo dourado, bem estruturado.
  • Müller-Thurgau: A Müller-Thurgau é um vinho saboroso branco do amarelo esverdeado ao amarelo-pálido com uma delicada fragrância.
  • Sauvignon: A Sauvignon é um vinho branco e fino, ligeiramente aromático, amarelo-esverdeado, com forte perfume de ervas.
  • Silvaner: Silvaner é um branco agradavelmente fresco na cor do amarelo-claro esverdeada, com cheiro de feno cortado.
  • Moscato Giallo: Vinho de sobremesa delicado e aromático, a cor vai do amarelo ao amarelo-dourado, com um aroma de uvas e um forte sabor doce.
  • Riesling: Riesling, da Alemanha, é um vinho cor da luz amarela esverdeada, e um pouco etéreo.
  • Kerner: Kerner é um branco aromático, de cor amarelo pálido com tons esverdeados, e com fragrância delicada.
  • Veltliner: Veltliner é um vinho branco fresco e frutado, agradavelmente aromáticos cor amarelo-esverdeada, com aromas delicados de flores e ervas.
  • Italiano Riesling: A Riesling Italiano é um vinho branco fresco e vivo de cor verde-claro a amarelo-pálido, com uma fragrância delicada e sutil.

Visitei Terlano e adorei, para visitar a cantina produttori è preciso marcar data e orario, nas quintas-feira eles tem sempre visitas de grupos, e caso voce passe nesse dia, eles nao fazem problema e inserir outras pessoas durante a visita.
Eles tambèm tem um local para a compra de vinhos e degustaçao, aqui na area de vendas nao precisa marcar orario, è sempre aberta ao publico.

Se voce deseja saber mais sobre o Alto Adige, clique em: http://italiain1bicchiere.blogspot.com/search/label/Alto%20Adige

Fotos:


         Vinhos que degustei: depois foi impossivel nao comprar todos e mais alguma coisa. Maravilhosos!  

 
Autora: Micheline Bavutti
Contato: italiain1bicchiere@hotmail.com